Entrevista com as Dançarinas do Leva Noiz



Milena Mattos, sabemos que a Rotina de shows com a Banda LevaNóiz é bastante corrida. Conte para nós, o que você acha dessa rotina e qual é a relação que você tem com todos integrantes da Banda durante shows e viagens?
"É uma rotina bem normal e comum entre as bandas que fazem muitos shows. Viajar muito, passar horas dentro do nosso ônibus, sair correndo dos shows para pegar um avião, à vezes sem dormir, sem comer direito.... (risos) é bem cansativo! Já me acostumei a ficar fora de casa, a gente se adequa à rotina e fica tudo certo. É cansativo mas é válido, consequencia do sucesso e de um trabalho bem feito. A minha relação com os integrantes das banda é a melhor possível! Da maioria sou amiga pessoal, de outros nem tanto mas os respeito e gosto muito, e sei que isso é recíproco! O clima no Levanoiz é o melhor possível, a gente se entende! Adoro igualmente desde a produção de Rafael Souza até os roldies Betão e Ednei! (risos)"

  Lelê sabemos que nada na vida é facil, com isso: Quais as principais dificuldades na carreira de dançarina?
"São várias: a preparação e o estudo que é necessário diariamente, pois o artista deve se reciclar e reinventar sempre; o cuidado com o corpo, de estar sempre preparado para o trabalho; a valorização do artista, a aceitação da profissão, como outra qualquer de forma honesta, digna e de valor; a não valorização salarial, a não remuneração e os preconceitos; muitas vezes a não aceitação da família por não encarar a carreira de dançarina como uma profissão de sucesso; e outros desafios que o mercado artístico enfrenta....Mas, mesmo assim eu sempre defendi minha profissão, quem me conhece sabe. Não tenho vergonha, aliás, nem preciso, eu tenho ORGULHO de dançar, e mesmo a profissão não tendo o valor moral e financeiro que nós artistas gostaríamos, eu sei as maravilhas que ela causa e proporciona em quem executa, e/ou, em quem aprecia. Mesmo sabendo de todas essas dificuldades, o amor que eu tenho pela arte, pela dança sempre foi muito maior. Eu vivo disso, para isso e não saberia fazer outra coisa, com tanta dedicação e verdade. O que já me fez pensar várias vezes em PARAR de dançar não foi pela profissão, e sim pelas pessoas desonestas que me deparei ao longo desses anos, e que infelizmente fazem parte do meio."

Larissa, conte para o site como a sua carreira de dançarina começou, e como surgiu o convite para ser a mais nova integrante da Banda? 
"Por um acaso fui fazer um teste para dançar na companhia de dança do axé moi, em Porto Seguro, onde tudo começou, aprendi tudo que sei lá, que é a melhor escola para quem quer dançar. Fiz participação em algumas bandas, mais ficar fixa mesmo o Leva Noiz e a primeira banda. 
O convite surgiu com as meninas Fernanda e Milena que já me conheciam de outros trabalhos, então me chamaram para vir fazer o teste."




Nanda Machado, você é uma das dançarinas de Salvador – BA bastante elogiada pelos marmanjos, quais os cuidados que você mantém com o corpo pra deixar-lo bastante saudável e elegante? ( FERNANDA MACHADO)
" Pratico exercícios físicos todos os dias, musculação e treinamento funcional, sem esquecer que a rotina de shows que ajuda bastante também. Mas não tem segredo não, procuro manter uma alimentação saudável, dou preferencia a alimentos integrais, carnes magras, frutas, legumes e verduras. Beber bastante água é muito importante também, pois limpa o organismo, ajuda a eliminar toxinas e é ótimo para a pele. "
Compartilhar Google Plus

Autor Folia na Net

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial