Jammil une Ilê e Olodum no mesmo palco no projeto “Vamos ver o pôr do Sol”



Uma tarde histórica, em um grande evento realizado no bairro que conta um pouco da história de Salvador. Essa é, sem dúvidas, uma das melhores definições para a edição do projeto “Vamos ver o pôr do Sol”, realizada neste domingo (21), no Santo Antônio Além do Carmo, no centro histórico.
Perante milhares de pessoas, a banda Jammil propiciou aos presentes um encontro simbólico para a nossa cultura, unindo no mesmo palco o Ilê Ayê e o Olodum. No show, comandado pelo cantor Levi Lima, durante três horas, o público cantou e dançou ao som dos já consagrados hits do grupo, além de sucessos do Axé e da MPB.
Na parte final da apresentação, integrantes do Ilê subiram ao palco, e juntamente com Jammil, energizaram a plateia com seus maiores sucessos, ao ritmo da magia da sua percussão. Em seguida foi a vez do Olodum, que contagiou a todos na mesma proporção.
Eis então a grande surpresa da noite. Como não acontecia há muitos anos, os dois maiores expoentes dos blocos afros da Bahia, dividiram o palco, e juntos celebraram de maneira emocionante a cultura baiana como poucas vezes foi vista. A emoção de músicos e do público foi generalizada.
O “Vamos ver o pôr do Sol” deste domingo começou logo no início da tarde, com a realização da Feira da Cidade, que levou arte e gastronomia ao público. Em seguida, como esquente para o grande show, teve apresentação de capoeira, e arrastão percussivo com os garotos do Projeto Axé.
Essa foi a primeira edição no formato itinerante do projeto, que até então vinha sendo realizado na Ponta do Humaitá, na cidade baixa. Além de música, o evento aborda causas sociais, através da conscientização para questões ambientais, e de valorização da cultura local.
Fotos: GB Souza
Compartilhar Google Plus

Autor Folia na Net

Esta é uma breve descrição no bloco de autor sobre o autor. Editá-lo digitando o texto no html .

Postagens Relacionadas

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial